Dias sem cor | Look

by - 19:03:00

Dias sem cor...foi assim esta semana! Já tinha mencionado num post que a minha avó materna estava mal no hospital...infelizmente não resistiu e na terça-feira faleceu, ainda a vi acordada de manhã, mas em sofrimento...são muitas as imagens e coisas que podia dizer sobre isto, mas acho melhor não. 
Depois de anos de luta, o coração e o frio causaram o pior e mesmo sabendo que ao longo dos anos isto era algo que ia acontecer, nunca se está à espera e muito menos que em uma semana as coisas fossem avançar desta maneira. 
Agora não tenho comigo as minhas avós e mais do que sofrer por ter perdido esta avó, foi também sofrer por relembrar a perda da outra avó em 2012, levada, assim do nada, pela merda do cancro. Aquela que me criou em pequena...
Agora foste tu, avó Celeste...já sei que não estás a sofrer, aliás é das frases que mais ouvimos, sei que é verdade, de certo modo deixa-me mais descansada, mas a dor é imensa na mesma e ver o sofrimento da minha mãe e tias...isso parte ainda mais o coração. 

Bom...mas agora é lembrar-me das coisas boas e daqueles pequenos detalhes teus avó e sei que ias olhar para este vestido e dizer algum comentário, fazias muito isso, elogiavas as minhas roupas. Aposto que ias gostar deste vestido, até porque deve-te lembrar algum que tu tiveste ou até mesmo a minha mãe. 
Eu sorrio quando penso em ti, nas tuas frases e olhares mesmo que fossem do teu feitio, se era mau? Podia ser, mas eu também o tenho e era isso que te dava piada e fazia com que nos tivéssemos brincadeira contigo e lá estavas tu a olhar de lado e dizias "Está calado(a)!", mas nunca ninguém levava isso a mal. Dizias muitas vezes que estavas cansada, eu sei! Raramente saías de casa, não podias. Mas tinhas as fotos de nós todos a olhar para ti e nunca te esquecias de nós, nem que tivesses de escrever naqueles teus papeis pequeninos alguma informação, tinhas medo de te esquecer fosse do que fosse. 
Davas sempre as tuas prendinhas, fosse o que fosse, mas davas...e íamos sempre felizes ter contigo à cama para ir buscá-la. Ainda me ensinas-te muitas coisas em criança, porque ia para a tua beira ajudar-te a cozinhar ou arrumar...e lembro-me que tinha de descascar os legumes com casca fininha, se não...ias pegar numa ara ver a grossura e reclamavas que assim era pecado...ahah tenho de me lembrar de isto e muito mais e rir-me. 

Não vou alongar-me mais, mas tinha de escrever isto...metade não vai ler, mas não importa. Foi mesmo para deitar cá para fora algumas coisas e, de certo modo, sentir-me melhor! Mas desde já, obrigado a quem leu até aqui este texto super amador e, se calhar, até confuso. 


Inspirations, M!

Dress and sunglasses: Zaful | Jacket: Mango | Boots: Zara 

Obrigada pela visita e comentários!! // Thanks for the visit and comments !!

You May Also Like

12 comentários

  1. Os meus sentimentos linda. Espero que estejas bem. Sabes que se precisares estou aqui.
    Beijinhos
    www.beatrizcouto.com

    ResponderEliminar
  2. "pior e mesmo sabendo que ao longo dos anos isto era algo que ia acontecer, nunca se está à espera"
    É tão verdade, caramba! Nunca se está preparado! Muita força nesta fase e agarra te aos bons momentos, por mais difícil que seja😘😘

    https://de-tudo-um-pouco-por-mst.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Vais ver que é uma estrelinha agora a olhar por ti, e pensa nos momentos bons! E força, muita força!
    E o vestido é super giro!!

    Beijinhos,
    SHADES OF A GIRL

    ResponderEliminar
  4. Hey, girl! Não vou acrescentar nada de diferente em relação ao que te disse no Instagram. Mas digo, és forte e poderosa! E é aquela força especial à qual te irás sempre agarrar ;)

    Instagram | MARIE ROGET

    ResponderEliminar
  5. Como referiste, nunca estamos verdadeiramente preparados, nem à espera. Mesmo que seja um processo natural, perdermos alguém que nos é tão é desolador. Parece que nos retiram o chão.
    Pessoalmente, acho que fizeste muito bem em escrever este texto. Porque é uma forma de desabafar e de, também, homenagear a tua avó. Sei que agora custa (e vai custar durante mais tempo), mas ela estará sempre contigo, a olhar por ti.
    Muita força, minha querida <3

    ResponderEliminar
  6. Que texto bonito Marlene! Lamento a tua perda. Como disse à pouco tempo a uma amiga que também perdeu a avó - faz o luto como te apetecer e depois a vida segue <3 Falar do look é quase incongruente depois de tema tão triste, mas estás linda nesse vestido. Grande beijinhoo


    Ritissima Blog

    ResponderEliminar
  7. As pessoas que amamos nunca partem, porque vão continuar sempre a viver na nossa memória e sobretudo no nosso coração. Sei o que custa este momento, ainda mais se são pessoas próximas, mas vais ver que sempre que te lembrares dela vais ficar com um sorriso na cara!!

    Kiss kiss.*Jo
    Jo & Company Style

    ResponderEliminar
  8. Muita força nesse hora... é difícil mas acredito que vão numa viagem muito melhor do que a que deixam para trás!
    Gostei muito do look!
    Beijinhos
    http://womanyzing.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  9. Já tinha lido e já tinha deixado a minha opinião no instagram .. estavas linda, o vestido é lindo e muita força e um beijinho grande!!
    Tens mais uma estrelinha a olhar por ti :)

    Mil beijinhos querida,
    http://mimiswardrobe.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  10. Emocionei-me ao ler este teu post, identifiquei-me com certas coisas,pois fez precisamente ontem 5 meses que o meu pai faleceu e tal como a tua avó, foi tão mais tão rápido, assim do nada.
    E as pessoas também me dizem ( e eu quero acreditar que sim) que ele agora não está a sofrer, mas há dias tãooooooooo difíceis
    Os meus sentimentos e muita força

    ResponderEliminar